sábado, 12 de março de 2011

Crítica ao filme "o discurso do rei

Que dizer sobre “O Discurso do Rei”? Tratando-se do aclamado vencedor dos Óscares 2011 uma quantas letras, aparentemente ordenadas, acerca do filme não serão de todo desajustadas.
Este filme tem os ingredientes adequados para ganhar pelo menos um Óscar, isso parece-me óbvio, mas são também alguns dessas mesmas características que podem fazer cair este filme na banalidade. Mas comecemos por aquilo que provavelmente lhe deu o Óscar: trata-se de mais um filme supostamente baseado em factos reais – algo que fica sempre bem e que aparentemente dá outra pertinência à fita que se gasta; trata-se de um filme de época – mais um apelo aos que apreciam um viagem histórica, mesmo que não apreciem um estudo metódico dessa área; tem excelentes desempenhos por parte dos actores, especialmente do protagonista – sendo essa performance potenciada pela existência de um “Handicap” característico da personagem, neste caso o gaguejar; o enredo desenrola-se segundo as expectativas dos espectadores – a história retrata o herói que passa de um estado de negação e falta de auto-confiança para chegar e salvar o dia, isto ajudado por um relacionamento, inicialmente condenado ao insucesso, com outro herói secundário, mas que acaba por dar em amizade e admiração. Ou seja, nada de novo a nível cinematográfico...

Este meu discurso pode parecer muito crítico e até azedo, mas até apreciei bastante o filme e verdadeiramente penso que merece ser visto. No entanto, parece-me que o filme peca por alguma falta de originalidade no modo como está organizada a acção. No fundo, tirando as magníficas representações e o recriar dos ambientes de época, tem um certo sabor a banalidade… 
De qualquer dos modos, vale a pena ver o vencedor dos Óscares de 2011!

Artigos relacionados

Related Posts with Thumbnails


A Busca pela sabedoria - criado em Agosto de 2009 por Micael Sousa