terça-feira, 15 de setembro de 2009

O filme: Os Fantasmas de Goya

Apesar de já ter assistido a este filme há quase um ano, as imagens e emoções provocadas não se desvaneceram. Para mim foi um filme excepcional e único, interpretado por excelentes actores, com um argumento original e muito bem enquadrado historicamente. Uma obra-prima do realizador Milos Forman.
 
É sempre difícil analisar um filme sem revelar algo que diminua o prazer de quem o for assistir pela primeira vez, mas tentarei não cair neste sacrilégio.

O filme passa-se no final do Séc. XVIII e durante o período da invasão e ocupação Francesa (por parte dos exércitos de Napoleão) de Espanha. O enredo centra-se em volta do pintor Francisco de Goya, sendo essa personagem responsável pela condução da história e pela revelação e introdução das restantes personagens, da acção, do contexto histórico e dos tão bem recriados ambientes cénicos. Apesar disto, pode-se dizer que não existe uma verdadeira personagem principal, pois existem muitas outras que a determinados momentos da acção assumem esse papel. Gostaria de destacar a interpretação das personagens: Francisco de Goya (Stellan Skarsgård), Lorenzo (Javier Bardem) e Inés / Alicia (Natalie Portman).

O filme trata a realidade dessa época conturbada de perseguição religiosa, intolerância, revolução e guerra. Esta obra permite uma visão possível, aborda e revela os sentimentos e dramas que muito possivelmente as pessoas de então viveram. Estão sempre muito presentes a arte e as obras desse grande Mestre da Pintura Espanhola: Francisco de Goya.

Artigos relacionados

Related Posts with Thumbnails


A Busca pela sabedoria - criado em Agosto de 2009 por Micael Sousa